quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Natal Fabuloso.

É quase natal e eu ainda não falei sobre ele. Ó! Não contei o quanto é uma data pouco comemorada por mim, a não ser de forma estética decorando a árvore com meus brincos fluorescentes, o quanto eu a acho triste. Talvez seja porque o Expresso polar esqueceu de me levar, e por isso hoje eu não ouço o tal som do Guizo. Não é um ódio por natal, é só um descaso, não grave, que não tem nenhuma relação com a minha adoração pelo filme “O Grinch”.
Falando em Grinch lembrei de “Horton e o Mundo dos Quem!”. Se você está se perguntando o que tem a ver um filme com o outro, é porque assim como eu você não sabia (ou não memorizou) que o Grinch vive na Quem-Lândia , e que o mundo que Horton encontra no grão de poeira é o dos Quem , os personagens são muito parecidos com direito até as mais fofas rimas. Ambos são baseados nas obras de Dr. Seuss, que eu só descobri a existência hoje, mas estou com preguiça de contar todas outras descobertas interessantes sobre ele.
Melhor eu terminar esse post antes que eu passe uma receita de bolo de Aipim, é só o que falta para esse texto fazer menos sentido ainda.
Independente da crença, espero que o Natal tenha o poder de provocar uma felicidade bem específica e verdadeira a cada um!

4 comentários:

Letícia disse...

veri,
o natal p mim tb é trissssteee. me dá muita vontade de chorar quando eu monto a arvore!!!
eu acho a data mais um dia comum, sem emoção... os meus tempos de natais fabulosos, mágicos, grandiosos que eu ficava esperando ansiosamente já passaram. hoje é tãooo sem graça!!!! gosto de ficar vendo os filmes natalinos, daqueles bem idiotas... e cantar jingle bell rock, só disso!!!!

Matheus disse...

Natal é um troço bobo, que visa única e exclusivamente movimentar o comércio. Todos sabemos; Mas é legal até. O importante é se divertir, e o Natal pode fazer isso.

Dani disse...

veri!!!
eu quero a receita do bolo de aimpim XDDD
ah, só pra constar, resolvi montar o blog-moda e separar do blog-eu... viu, como férias servem pra alguma coisa... XDD

materials disse...

It seems different countries, different cultures, we really can decide things in the same understanding of the difference!
nike shoes